Messi e Mascherano doam premiação para tratamento de câncer infantil

Dupla que se destacou pela Argentina na Copa teria dado 135 mil dólares ao centro de pediatria do Hospital Garrahan, em Buenos Aires

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

Seguindo o exemplo dos alemães, que doaram dinheiro aos moradores de Santa Cruz de Cabrália, no Sul do Bahia, alguns argentinos também decidiram fazer uma boa ação com o valor recebido na premiação pelo segundo lugar na Copa do Mundo. De acordo com a imprensa portenha, Messi e Mascherano deram 135 mil dólares ao centro de pediatria do Hospital Garrahan, em Buenos Aires.

Líderes em campo, a dupla de jogadores utilizou a Fundação Lionel Messi para conceder os recursos a fim de financiar o tratamento de crianças com câncer. Segundo o jornal “El Dia”, o dinheiro será usado para construir um prédio de 2400 m² para o setor. O Chefe teria sido o autor da ideia da doação.

“O sucesso esportivo (na Copa) manteve as crianças felizes e alegres, o que colaborou para o tratamento deles. Foi uma desculpa para as crianças adquirirem coragem e valentia”, contou um dos médicos ao jornal argentino.

Alemães também são solidários

O meia Özil, da Alemanha,anunciou em sua página que daria a sua parte na premiação para financiar as cirurgias de 23 crianças brasileiras doentes. Antes da Copa, ele já havia anunciado que cuidaria de 11 pessoas - uma para cada jogador - mas decidiu aumentar o número. A imprensa britânica afirma que o dinheiro gira em torno de 800 mil reais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave