Google omitiu conteúdo negativo gerado pelo 7 a 1 no Mineirão

Equipe de tradutores, redatores e cientistas trabalhou rapidamente para que as mensagens não se transformassem em virais nas redes sociais

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Julio Cesar desolado com placar da partida
douglas magno
Julio Cesar desolado com placar da partida

Após o vexatório 7 a 1 apicado à seleção brasileira pelos alemães, na semifinal da Copa do Mundo, uma redação experimental do Google escondeu notícias e textos com conteúdo negativo ou humilhante sobre a goleada. Uma equipe de tradutores, redatores e cientistas trabalhou rapidamente para que as mensagens não se transformassem em virais nas redes sociais.

Uma das maneiras de evitar esta proliferação foi não listar textos sobre “humilhação” ou “vergonha” no serviço “Google Trends”. Enquanto isto, na Alemanha, o serviço registrava recorde em buscas direcionadas ao seguinte tema “maior número de gols em uma partida de Copa do Mundo”.

Nas palavras da equipe do Google, o motivo para ter omitido o conteúdo era de que não “valia a pena jogar sal nas feridas”, nem muito menos fazer espalhar-se uma história negativa sobre o Brasil.

A situação se assemelha a prática feita pelo Facebook recentemente. A rede social revelou que conduziu um estudo com universidade sobre o efeito de conteúdo negativo no humor dos usuários.