"Que semana!", diz Rosberg sobre título alemão, casamento e renovação

Depois de duas conquistas fora das pistas, piloto vive expectativa de ser o primeiro alemão a vencer em casa com carro do país

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rosberg também afirmou estar muito motivado para sequência da temporada da Fórmula 1
AFP
Rosberg também afirmou estar muito motivado para sequência da temporada da Fórmula 1

Às vésperas do final de semana no qual pode tornar-se o primeiro piloto da Alemanha a vencer em casa com um carro alemão, Nico Rosberg recebeu uma boa notícia nesta quarta-feira (16). A Mercedes anunciou a renovação de seu contrato após assinar um acordo de vários anos com o piloto alemão -a duração exata do acordo não foi divulgada. "Que semana! Eu me casei, a Alemanha venceu a Copa do Mundo e renovei meu contrato com a Mercedes", festejou Rosberg, que usará um capacete especial no GP da Alemanha, em Hockenheim, neste domingo (20), para celebrar o tetracampeonato mundial da seleção alemã. Líder do Mundial deste ano, Rosberg chegou à equipe em 2010, ano em que a fabricante alemã voltou à F-1 com um projeto ousado. Desde então, o alemão venceu seis corridas (três delas nesta temporada), fez oito poles e foi 17 vezes ao pódio. Na última etapa do Mundial, o GP da Inglaterra, há duas semanas, teve problemas no câmbio de seu carro e abandonou pela primeira vez neste ano -até então havia vencido ou sido segundo colocado em todas as corridas disputadas. "Como alemão, fico muito feliz em representar a melhor marca de carros do mundo. Foi um caminho difícil até chegar onde chegamos, mas todos acreditaram em nosso projeto e, graças ao apoio da Mercedes, hoje somos o time a ser batido na F-1", afirmou Rosberg. Em nove etapas já disputadas neste Mundial, a equipe alemã venceu oito, sendo que em seis corridas, com dobradinhas. "Evoluímos muito desde o ano passado, construímos uma bela estrutura e reforçamos nosso comando. Temos uma equipe sensacional e tenho certeza de que temos as pessoas certas nos lugares certos. Estou ansioso pelos próximos anos com a Mercedes para continuarmos lutando não só por mais vitórias como por mais campeonatos", completou o companheiro de Lewis Hamilton. Para Toto Wolff, chefe da Mercedes, a renovação do contrato de Rosberg significa estabilidade na equipe por mais alguns anos. "Este acordo nos traz estabilidade e continuidade para o futuro e estou feliz por termos chegado a um acordo às vésperas da etapa em que Nico e a Mercedes correm em casa, em Hockenheim", declarou o dirigente.

Leia tudo sobre: formula 1rosbergalemanhacorridacarro