Donizete confessa não conhecer muito o Lanús, mas descarta surpresas

Volante destaca trabalho da comissão técnica alvinegro para evitar sustos contra adversário desconhecido

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Leandro Donizete vem acumulando atuações convincentes desde seu retorno à titularidade
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Leandro Donizete vem acumulando atuações convincentes desde seu retorno à titularidade

A rivalidade entre times brasileiros e argentinos é muito tradicional. Apesar disso, o Lanús, rival do Atlético nesta noite, pela decisão da Recopa Sul-Americana não é muito conhecido de alguns jogadores alvinegros.

O volante Leandro Donizete confessou que não tem muitas informações sobre o adversário portenho. Mesmo assim, ele não teme que o Lanús surpreenda o Galo no jogo desta noite, no estádio La Fortaleza.

“Não conheço muito. o Levir falou bem pouco deles. Mas vamos ver um vídeo deles e pegar o máximo de informação para não sermos surpreendidos”, disse.

Atlético e Lanús se enfrentaram apenas duas vezes na história, na final da extinta Copa Conmebol de 1997, quando o Galo foi campeão ao vencer o jogo de ida, em Buenos Aires, por 4 a 1, e empatar o segundo por 1 a 1 em casa.

Apesar do pouco status que ronda o título da Recopa, se comparado à Copa Libertadores, Donizete não abre mão de alcançar essa conquista para a Massa atleticana. A meta é fazer uma partida equilibrada na Argentina para levar a decisão para o Mineirão.

“É um título, né?! Título nunca é demais; temos de ganhar. Sabemos que a torcida está comprando os ingressos lá e vamos fazer um bom jogo aqui para a gente levar essa final para o Mineirão”, frisou. 

Leia tudo sobre: atleticogalolanusrecopaargentinaleandro donizetevolante