Nibali mantém ponta da Volta da França após décima primeira etapa

Francês Tony Gallopin foi o melhor do dia, mas os 34 ciclistas seguintes concluíram a disputa com o mesmo tempo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A 11ª etapa da Volta da França, realizada nesta quarta-feira, foi vencida pelo francês Tony Gallopin e acabou sendo marcada pelo equilíbrio, o que o não provocou alterações na liderança, que continua sendo ocupada pelo italiano Vincenzo Nibali, o detentor da camiseta amarela.

Após um dia de folga, o pelotão voltou à ação para uma etapa com 187,5 quilômetros, entre Besancon e Oyonnax, próximo da fronteira da França com a Suíça. E com uma arrancada no final, Gallopin venceu com um tempo total de 4h25min45. Os 34 ciclistas seguintes, incluindo Nibali, concluíram a disputa com o mesmo tempo, o que provocou poucas alterações na classificação geral.

O alemão John Degenkolb foi o segundo colocado desta etapa, seguido pelo italiano Matteo Trentin. Já Nibali ficou na 20ª posição. "Incrível", disse Gallopin, após vencer pela primeira vez uma etapa da tradicional prova. "Eu vim treinar para a Volta da França aqui e isso realmente me serviu hoje. Realmente uma vitória faz eu me sentir bem", completou.

Na classificação geral, Nibali ocupa o primeiro lugar com 46h59min23 e uma vantagem de 2min23 para o australiano Richie Porte. O espanhol Alejandro Valverde Belmonte é o terceiro, 2min47 mais lento do que o líder. Gallopin, por sua vez, ocupa o quinto lugar, com uma desvantagem de 3min12 para Nibali.

Peter Sagan segue com a camisa verde, como maior pontuador da Volta da França, o espanhol Joaquim Rodriguez continua com a branca de bolas vermelhas, dada ao melhor montanhista, e o francês Romain Bardet permanece com a branca, destinada ao ciclista de até 25 anos com o melhor desempenho.

A Volta da França prossegue nesta quinta-feira com a disputa da 12ª etapa. Os ciclistas terão pela frente um percurso de 185,5 quilômetros entre Bourg-en-Bresse e Saint-Étienne.

Leia tudo sobre: ciclismovolta da françanibaligallopinfrancêsclassificação