Viagens, família e malhação marcam férias dos atletas do Sada Cruzeiro

Jogadores aproveitaram o tempo sem competições, após a desgastante temporada 2013/2014

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Líbero do Sada afirmou que conduta dos russos dá a impressão de falta de humildade
RONALDO SILVEIRA
Líbero do Sada afirmou que conduta dos russos dá a impressão de falta de humildade

Para os jogadores do Sada Cruzeiro, os cerca de dois meses de férias não poderiam ter chegado em um momento melhor. Após seis competições na temporada 2013/2014, sendo cinco conquistas, eles puderam curtir um período sem disputas. As famílias dos atletas agradeceram. 

O líbero Serginho arranjou tempo para viajar, passear bastante com os familiares e ainda malhou, já de olho no início da temporada. 

"Fiz de tudo um pouco. Viajei. Fui para a Inglaterra, para a Holanda. Fiquei uns dias lá no começo das férias. Alimentando de tudo o que a vida tem de bom, que a gente não pode comer durante a temporada. Ai, já voltei e comecei a preparação durante as férias. Porque ninguém é atleta só durante a temporada. A gente tem que estar se cuidando o ano inteiro. Se descuidarmos da parte física, temos muitas dificuldades para retornar", disse o libero. 

Se o Serginho resolveu dedicar tempo para o preparo físico, o ponteiro Filipe contou que a última coisa que pensou em fazer foi malhar. Gastou energia mesmo nos passeios com a família. 

"Eu corri de academia. Agora que vou retomar. A gente tem que descansar. Geralmente procuro divertir com a família. Repor as energias, recuperar as baterias. Tive tempo para ficar com meus filhos. Eles sentem falta. É o momento de estar com eles, com a esposa. Pude viajar, curtir um pouco. Fortalecer os laços familiares. Isso que é o mais importante, eles que nos dão o suporte. Foi bacana. Pude mostrar um pouco do que vivi na minha infância, na cidade do interior, apresentar a ele a fazenda, em Joaíma, cidade do nordeste de Minas. Ele ficou maravilhado com a liberdade mesmo, nadar no rio, essas coisas. Apresentei para ele o que vivi. Viajei também para Santiago, no Chile", narrou Filipe. 

Quem também gostou do período sem competições foi a pequena Nina, filha do levantador William. 

"Eu desliguei de tudo. Era um tempo que precisava. Depois de um ano desgastante como foi. Eu curti minha minha família, a minha filha. Aproveitei para passar o tempo com a família. Fazia tempo que não tinha umas férias tão boas assim", destacou. 

Já o técnico Marcelo Mendez, além de torcer para a seleção argentina até a final da Copa do Mundo, ele desfrutou da folga para relaxar. 

"Acompanhei a Copa do Mundo. Descansei, principalmente. E com as energias renovadas para começar a temporada. ", concluiu. 

Leia tudo sobre: SerginhoMarcelo MendezFilipevôleiWilliamfériasdescanso