De virada, Vasco recomeça Série B goleando Santa Cruz

Estreante do dia, Kleber também deixou a sua marca na partida em cobrança de pênalti

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Vasco recomeçou bem na Série B do Campeonato Brasileiro e goleou o Santa Cruz por 4 a 1, nesta terça-feira, na Arena Pantanal, em Cuiabá. O volante Fabrício teve uma boa atuação, coroada com dois gols. O estreante Kleber também deixou a sua marca em cobrança de pênalti. A vitória vascaína acabou com a sequência de três vitórias do clube pernambucano, que, até então era o único invicto. Apesar de ter o mando de campo, o time carioca teve de jogar fora de casa por causa de uma punição.

Em campo, o Vasco iniciou a partida trocando muitos passes e dominava a posse de bola. Enquanto isso, o Santa Cruz se portava bem na defesa, sem dar brechas. Passados os minutos iniciais, o time tricolor ficou mais à vontade, começou a pressionar no ataque e encontrou espaço no lado direito da defesa vascaína. E foi dali que saiu o primeiro gol. Aos 17 minutos, Danilo Pereira abriu o placar com um chute forte da ponta esquerda, que o bom goleiro vascaíno Martín Silva aceitou, apesar de ser uma bola defensável.

Após o gol, o técnico Adilson Batista prontamente substituiu o lateral-direito André Rocha, que deixava uma avenida em seu setor, para promover a estreia de Carlos Cesar, contratado recentemente. Em desvantagem no resultado, o Vasco passou a levar mais perigo à defesa do Santa Cruz. Aos 34 minutos, Fabrício pegou uma sobra na entrada da área e chutou de primeira no canto direito do goleiro para empatar.

O Vasco seguiu pressionando e conseguiu a virada aos 40 minutos com Douglas Silva, que desviou a bola após um cruzamento de Dakson.

O Santa Cruz começou o segundo tempo com muito mais iniciativa, pressionando o Vasco, que passou a jogar mais recuado. Quando o time tricolor era melhor na partida, acabou sofrendo mais um gol do estreante Kleber, que bateu um pênalti marcado após uma falta duvidosa sobre Carlos Cesar dentro da área. Com o adversário abalado, o Vasco voltou a se impor e, aos 29, fez mais um gol com Fabrício.

Léo Gamalho quase diminuiu para o Santa Cruz ao dar um bonito chute no travessão. Depois, o Vasco controlou o jogo, trocando passes, como se propôs a fazer desde o início da partida.

FICHA TÉCNICA VASCO 4 x 1 SANTA CRUZ CARTÕES AMARELOS - Pedro Ken e Carlos Cesar (Vasco); Carlos Alberto (Santa Cruz). ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS). RENDA - R$ 262.810,00. PÚBLICO - 5.254 pagantes (7.190 no total). LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). GOLS - Danilo Pereira, aos 17, Fabrício, aos 34, e Douglas Silva aos 40 minutos do primeiro tempo; Kleber (pênalti), aos 20, e Fabrício, aos 29 minutos do segundo tempo.

VASCO - Martín Silva, André Rocha (Carlos Cesar), Luan, Douglas Silva e Diego Renan; Guiñazu, Fabrício, Pedro Ken e Dakson (Lucas Crispim); Kleber (Edmílson) e Thalles. Técnico: Adilson Batista.

SANTA CRUZ - Tiago Cardoso, Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Carlos Alberto (Emerson Santos) e Danilo Pires (Wescley); Léo Gamalho e Pingo (Keno). Técnico: Sergio Guedes.

 

 

Leia tudo sobre: vascoserie bcampeonato brasileirogoleadasanta cruz