Loja de curiosidades Obscura: curadoria da beleza que já se foi

Um bando de manequins de cera de lojas de departamentos do início do século XX distribuídos em várias salas, com um olhar assustadoramente realista.

iG Minas Gerais | Jennifer Schuessler |

Evan Michelson, uma das proprietárias da loja de antiguidades e curiosidades Obscura, em Manhattan, e pesquisadora do Museu da Anatomia Mórbida, tem uma citação favorita entre os escritos de Emily Dickinson: “A natureza é uma casa assombrada, mas a arte é uma casa que tenta ser assombrada”. A própria residência de Michelson, em Nova Jersey, construída no estilo vitoriano, é cheia de coisas belas e mortas, mas seus fantasmas mais fascinantes nunca estiveram vivos: um bando de manequins de cera de lojas de departamentos do início do século XX distribuídos em várias salas, com um olhar assustadoramente realista. “Eles até são uma boa companhia”, disse ela. “Mas, no meio da noite, podem ser aterrorizantes”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave