Bernardinho acredita que grupo está mais seguro para decisão

Treinador destaca semana de preparação em Modena, na Itália, para sequência da Liga Mundial

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Bernardinho pretende fazer alguns testes no jogo deste sábado
ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Bernardinho pretende fazer alguns testes no jogo deste sábado

A seleção brasileira já vive a expectativa de encarar, na próxima quinta-feira, a Rússia, no primeiro jogo do time na fase final da Liga Mundial de vôlei. O duelo está marcado para às 12h30, horário de Brasília. O Brasil está no grupo I, ao lado dos próprios russos e do Irã. 

Após seis dias de preparação em Modena, na Itália, o time já realizou atividade em Florença, cidade italiana que receberá os jogos decisivos da competição, que vão do dia 16 a 20 de julho. Inclusive, a equipe já conheceu o palco dos confrontos, o ginásio Nelson Mandela Forum. 

O técnico Bernardinho, além de enaltecer os dias de preparação do time, ressaltou a força do elenco para reverter as dificuldades na fase classificatória. Lembrando que a vaga na final só veio na última rodada. 

“A força do grupo se mostrou quando tínhamos que ganhar por 3 sets a 0 ou 3 a 1, e vencemos as duas partidas contra uma excelente equipe, que é a Itália. Com o trabalho, o grupo se sente merecedor, mais seguro e, com isso, começa a render mais. É uma equipe que está sendo reconstruída. Agora, temos um torneio com seis equipes que estão entre as 10 principais do mundo”, comentou Bernardinho.

Depois de encarar os russos, o Brasil joga, na sexta, contra o Irã, também às 12h30. Mas os jogadores estão totalmente focados no duelo contra a seleção europeia, que vem sendo uma pedra no sapato dos brasileiros.

O central Sidão afirma que a equipe se preparou para a partida desta quinta-feira. 

“Estamos estudando bastante tanto a equipe da Rússia, como todas as outras, mas a preocupação tem sido também com o nosso próprio time. As últimas semanas foram cruciais para a nossa equipe. Estamos bem, com uma boa eficiência nos treinos e esse tem tudo para ser um jogão logo de cara, na estreia da Fase Final”, disse Sidão.

A fase final da Liga Mundial conta ainda com o grupo H, que tem a Itália, a anfitriã, Austrália e Estados Unidos. O Brasil, maior vencedor da competição, está em busca do décimo título. 

Leia tudo sobre: BernardinhoSidãovôleiseleção brasileiraLiga MundialBrasilRússia