Tricampeão, Antonio Conte surpreende e deixa Juventus

Treinador saiu por divergências no mercado pelas possíveis saídas de Pogba e/ou Vidal; Allegri ou Mancini devem substituir o técnico, que pode assumir a seleção italiana

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Conte fez história no comando da Juventus
Reprodução/Facebook
Conte fez história no comando da Juventus

A diretoria da Juventus surpreendeu nesta terça-feira ao anunciar a saída do técnico Antonio Conte, responsável por levar o tradicional time italiano ao tricampeonato nacional, nas últimas três temporadas (2011/12, 2012/13 e 2013/14). O clube informou que se tratou de uma rescisão "consensual".

A notícia surpreendeu a torcida porque Conte renovara seu vínculo para a próxima temporada no mês de maio, há dois meses. E também em razão das boas apresentações que o time vinha fazendo nos últimos anos. O treinador perdeu apenas 15 dos mais de 150 jogos em que comandou a Juventus.

De acordo com a imprensa italiana, Conte decidiu deixar o clube porque estava insatisfeito com as contratações para a temporada europeia. Sem melhores reforços, acredita Conte, a Juventus não teria condições de se destacar na Liga dos Campeões. Há a especulação de que o técnico estaria pensando na possibilidade de comandar a seleção italiana após a demissão de Cesare Prandelli.

"Estou comunicando a rescisão consensual do contrato que me ligava à Juventus. Percorri uma trajetória na qual amadureci minhas percepções e sensações, que me levaram a esta decisão", disse Conte, em vídeo publicado nas redes sociais. "Muito obrigado aos torcedores por aquilo que eles sempre demonstraram por mim, como técnico e como jogador."

Conte, de 44 anos, também teve uma passagem vitoriosa como jogador na Juventus. Na década de 90, o ex-meio-campista ajudou a equipe a conquistar cinco títulos do Italiano e um troféu da Liga dos Campeões, entre outras conquistas. Como treinador, foi tricampeão italiano e venceu duas vezes a Supercopa italiana.

"Tenho que me orgulhar pelo percurso destes três anos, com três scudettos e chegando a bater o recorde de pontos [na última temporada]. Obrigado também a todos os meus jogadores destes três anos, que me permitiram virar um técnico vencedor e me permitiram crescer", declarou Conte.

Leia tudo sobre: antonio contetecnicojuventusfutebolesportesaidasurpresa