Mercedes resolve problema que tirou Rosberg de corrida

Diretor-técnico da equipe alemã garantiu que falha na caixa de câmbio está solucionada para o GP da Alemanha

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Para Rosberg, a confiança conquistada na estreia não deve afetar o trabalho contínuo na fábrica
Reprodução/Facebook
Para Rosberg, a confiança conquistada na estreia não deve afetar o trabalho contínuo na fábrica

A Mercedes anunciou nesta terça-feira que solucionou o problema na caixa de câmbio do carro de Nico Rosberg, que obrigou o alemão a abandonar o GP da Inglaterra, no último dia 6, quando liderava a prova. Na ocasião, a falha ocorrida no circuito de Silverstone acabou entregando de bandeja a vitória para o inglês Lewis Hamilton, que assim reduziu para apenas quatro pontos a desvantagem em relação ao seu companheiro de equipe na luta direta pelo título do Mundial de Fórmula 1.

Paddy Lowe, diretor-técnico da equipe alemã, disse que a natureza do problema que tirou Rosberg da corrida inglesa na sua 29ª volta foi identificada. Ele fez a revelação na semana de disputa do GP da Alemanha, marcado para este domingo, no circuito de Hockenheim, onde o piloto da casa espera poder voltar a vencer para se manter no topo da classificação e fazer a festa da torcida local.

"A principal prioridade dos dias que se seguiram (após o GP da Inglaterra) foi entender o problema na caixa de câmbio que vimos no carro de Nico", afirmou Lowe, que depois assegurou: "Como em qualquer cenário, muito trabalho foi feito em cima disso para corrigir o problema e vamos para Hockenheim com a certeza de que solucionamos essa falha".

Para completar, Lowe revelou que a Mercedes também levará para o GP da Alemanha um pacote de atualizações que foram implementadas pela equipe nos testes realizados na semana passada em Silverstone. Assim, o time espera manter o seu domínio nesta temporada da F1 com uma possível dobradinha de Rosberg e Hamilton. "Estamos ansiosos para a próxima corrida, na esperança de melhora de performance e de um pacote mais robusto do ponto de vista de confiabilidade", disse o diretor-técnico.

Com 165 pontos, diante dos 161 de Hamilton, Rosberg trava no momento uma luta quase particular pelo título deste Mundial de F1, pois no momento o terceiro colocado do campeonato, o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, está bem distante desta dupla, com 98 pontos.

Leia tudo sobre: formula 1rosbergcambiomercedescarrogp alemanha