Ataque suicida no Afeganistão deixa pelo menos 89 mortos

Um porta-voz afirmou que entre os mortos há um grande número de mulheres e crianças; a explosão atingiu várias lojas e algumas casas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Pelo menos 89 apessoas morreram e 42 ficaram feridas em um ataque suicida cometido em um mercado com um veículo carregado de explosivos na província de Paktika, no Afeganistão, segundo o porta-voz do Ministério de Defesa.

Zahir Azimi disse que o ataque ocorreu por volta de meio-dia (hora local) em um movimentado mercado no distrito de Urgun. O porta-voz afirmou ainda que entre os mortos há um grande número de mulheres e crianças. A explosão atingiu várias lojas e algumas casas ao redor do mercado.

O porta-voz do Ministério do Interior, Sediq Sediqi, confirmou o ataque e disse que os explosivos haviam sido colocados em um caminhão que a polícia tentou parar, mas sem sucesso.

O atentado não foi reivindicado, mas os insurgentes talebans são responsáveis por vários ataques suicidas no país.

A província de Paktika, um dos refúgios dos talebans da rede Haqqani, fica na fronteira com as zonas tribais paquistanesas, onde o exército executa uma ofensiva há um mês contra os rebeldes islamitas.

Além disso, dois empregados do Palácio Presidencial morreram e sete ficaram feridos nesta manhã na explosão de uma bomba durante a passagem do veículo no qual viajavam nos arredores de Cabul.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave