Dados transmitidos na Copa equivale a 20 mi de fotos em alta resolução

Quantidade é três vezes maior do que na África do Sul e oito vezes mais do que a Copa das Confederações de 2013

iG Minas Gerais | THIAGO NOGUEIRA |

74 terabytes foi o volume de transmissão de dados durante o Mundial
DOUGLAS MAGNO/O TEMPO
74 terabytes foi o volume de transmissão de dados durante o Mundial

Rio de Janeiro. O volume de transmissão de dados na Copa do Mundo do Brasil chegou a 74 terabytes, quantidade três vezes maior do que no Mundial da África do Sul, em 2010. Para se ter uma ideia, a número se equivale a sete bibliotecas do Congresso Americano. Em comparação com a Copa das Confederações, em 2013, a quantidade de dados na rede aumentou oito vezes. Os 74 terabytes totais representam quase 20 milhões de fotografias em alta resolução ou aproximadamente 16 mil DVD’s. A rede wi-fi dos estádios estava disponível para profissionais de imprensa e funcionários da Fifa. Até a decisão do torneiro, 404.299 aparelhos se conectaram à rede em todas as 12 cidades-sede. A maior quantidade simultânea de conectados foi de 7.596, que aconteceu duas horas antes da partida de abertura, dia 12 de junho (incluiu o Itaquerão e outros estádios). Já o recorde de conexão simultânea à rede wi-fi em um único jogo ocorreu justamente na final. Foram 2.460 aparelhos ligados às 18h, no fim do tempo normal. Mais cedo, entre 14h e 16h, a rede ficou fora do ar, só voltando minutos antes de a bola rolar. Ao todo, 24.500 profissionais da Oi, a empresa contratada pela Fifa, trabalharam na manutenção da rede em todo o país.  

Leia tudo sobre: Copa do Mundofuteboldadosfotosimagem