Recuperação cai 2,2% em junho

O recuo do indicador de recuperação de crédito em meio a um cenário de inadimplência alta sugere uma diminuição da capacidade de pagamento do consumidor brasileiro

iG Minas Gerais |

Consumidor brasileiro está com menor capacidade de pagar dívidas
CRISTIANO TRAD / OTEMPO 09/03/20
Consumidor brasileiro está com menor capacidade de pagar dívidas

SÃO PAULO. O indicador mensal de recuperação de crédito, apurado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), caiu 2,2% em junho frente ao mesmo mês de 2013. É a quarta retração consecutiva nessa base de comparação.

Já em relação a maio deste ano, o número de dívidas regularizadas aumentou 1,13%, sendo que, neste caso, não estão descontados os efeitos sazonais. Para a apuração do indicador, a instituição considera a quantidade de exclusões dos registros de inadimplência do banco de dados do SPC Brasil.

Para a economista-chefe Marcela Kawauti, o recuo do indicador de recuperação de crédito em meio a um cenário de inadimplência alta sugere uma diminuição da capacidade de pagamento do consumidor brasileiro. “Os indicadores refletem condições menos favoráveis da atividade econômica tanto para o consumo quanto para a quitação de dívidas”, disse. Ela destaca ainda que o cenário também é influenciado negativamente pela aceleração da inflação, pela alta dos juros e pelo crescimento moderado da massa salarial.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave