Prejuízo de R$ 53,8 bi aos cofres

O consumidor também deve ajudar a pagar a conta do uso das térmicas, que tem preço de energia mais caro

iG Minas Gerais |

São paulo. Os problemas enfrentados pelo setor elétrico devem gerar um prejuízo de R$ 53,8 bilhões aos cofres públicos, segundo estudo realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O valor equivale a todas as medidas que o governo tomou para corrigir falhas no pacote de redução das contas de luz. A CNI estima que os consumidores vão pagar pouco mais de R$ 35 bilhões. A quantia deve ser repassada para as tarifas ao longo dos próximos anos.  

O consumidor também deve ajudar a pagar a conta do uso das térmicas, que tem preço de energia mais caro. A estiagem neste ano força o ligamento delas. O nível dos reservatórios das hidrelétricas no subsistema Sudeste/Centro-Oeste (SE/CO), o principal do país, está em 35,43%, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) referentes a domingo. Na segunda-feira passada, o mesmo índice apontava armazenagem equivalente a 36,03%.

Duas semanas atrás, o indicador estava em 36,40%. Na Região Sul, o nível dos reservatórios parou de subir e ficou em 96,76%.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave