"As cobras se recolheram e ninguém foi mordido", ironiza ministro

Ministro do Espoerte, Aldo Rebelo, comemorou sucesso da Copa do Mundo no Brasil e respondeu aos críticos com sarcasmo

iG Minas Gerais | Thiago Nogueira |

Ministro ironizou a imprensa estrangeira e pediu mais confiança aos jornalistas brasileiros
Roosewelt Pinheiro/ABr
Ministro ironizou a imprensa estrangeira e pediu mais confiança aos jornalistas brasileiros

Rio de Janeiro. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, fez piada com a avalanche de críticas que os organizadores da Copa no Brasil receberam antes da competição. Durante o balanço final do torneio, ele usou alguns estereótipos para ironizar e comemorar o sucesso do evento. “Em Manaus, as cobras se recolheram durante a Copa e ninguém foi mordido. Nenhum cachorro louco mordeu turista”, afirmou Rabelo. O ministro destacou a hospitalidade do povo brasileiro, que ficará como marca da edição. “Todos foram tratados com aquilo que é a marca do povo brasileiro: a tolerância, o carinho, a capacidade de tratar bem. Somos um povo mestiço e todos nós nos sentimos bem. Por causa dessa emoção, os turistas vão sentir vontade de voltar um dia”, ponderou.

Leia tudo sobre: Copa do Mundoaldo rebeloesportefutebolbrasilironia