Blatter admite surpresa com escolha de Messi como craque da Copa

Presidente da Fifa ponderou que jogador foi decisivo na campanha argentina, mas não escondeu estranhamento com a decisão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

douglas magno
undefined

A contestada escolha do argentino Lionel Messi como o craque da Copa do Mundo 2014, feita pelo Grupo de Estudos Técnicos da FIFA (TSG, em inglês) surpreendeu até o presidente da entidade, Joseph Blatter. Ao ser questionado se concordava com a decisão, ele brincou, deu sua opinião, mas defendeu o camisa 10 portenho.

“Devo ser diplomático?”, disse, aos risos, para na sequência avaliar, sem esconder a surpresa.

“Eu mesmo fiquei um pouco surpreso quando vi que Messi foi eleito o melhor jogador. Mas se você pensar no começo do torneio, em que a Argentina fez seu caminho até a final, se olhar os gols marcados por Messi em diferentes momentos, eles foram gols decisivos. Foi uma decisão”, contemporizou.

Depois de tantas reclamações sobre a escolha de Messi, a despeito de outros candidatos, como os alemães Schweinsteiger, Müller e Neuer, além do holandês Arjen Robben, a Fifa admitiu que os métodos utilizados na análise do TSG nas próximas Copas serão reavaliados. 

Leia tudo sobre: Copa do Mundofifablatterfutebolmessicraque da copa