Vice-líder do ranking, Nadal se garante no ATP Finals

Espanhol irá jogá-lá pelo décimo ano consecutivo, sendo que nunca conseguiu ficar com o título do importante evento

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rafael Nadal celebra bicampeonato do US Open após mais de três horas de disputa
SITE OFICIAL/REPRODUÇÃO
Rafael Nadal celebra bicampeonato do US Open após mais de três horas de disputa

O ranking mundial do tênis foi atualizado nesta segunda-feira e não trouxe grandes novidades, mas serviu para confirmar a presença de Rafael Nadal, atual vice-líder, na próxima edição do ATP Finals, torneio que reunirá os oito melhores tenistas da temporada, entre 9 e 16 de novembro, em Londres.

Confirmado oficialmente pela ATP na competição nesta segunda, o espanhol irá jogá-lá pelo décimo ano consecutivo, sendo que nunca conseguiu ficar com o título do importante evento. Ele foi vice-campeão por duas vezes, primeiro sendo batido pelo suíço Roger Federer na final de 2010 e depois pelo sérvio Novak Djokovic na decisão do ano passado.

Atual líder do ranking mundial, Djokovic teve sua presença confirmada no ATP Finals na semana passada, quando reassumiu o topo, ultrapassando Nadal, um dia depois de ter conquistado o título de Wimbledon. Hoje o sérvio tem 13.130 pontos, contra 12.670 do espanhol.

Terceiro colocado, Federer está bem distante desta dupla, com 6.100 pontos, enquanto o seu compatriota Stanislas Wawrinka segue em quarto lugar, com 5.770. Atrás deles, o checo Tomas Berdych, o canadense Milos Raonic, o espanhol David Ferrer, o argentino Juan Martín Del Potro, o búlgaro Grigor Dimitrov e o britânico Andy Murray completam, nesta ordem, o Top 10.

A principal novidade do Top 20 do ranking nesta segunda-feira foi a entrada do espanhol Roberto Bautista Agut, que saltou do 23º para o 18º posto da ATP depois de ter conquistado, no último domingo, o título do Torneio de Stuttgart. O russo Mikhail Youzhny, por sua vez, voltou a grupo dos 20 primeiros ao pular da 22ª para a 19ª posição.

Entre os brasileiros, Thomaz Bellucci, o número 1 do País, caiu da 91ª para a 96ª posição um dia depois de ter sido eliminado na última rodada do qualifying do Torneio de Hamburgo. Já João Souza, o Feijão, e Rogério Dutra Silva tiveram ascensões no Top 200. O primeiro deles subiu do 126º para 161º lugar, enquanto o segundo passou do 178º para o 175º posto da ATP.

DUPLAS - Líderes do ranking mundial de duplas, os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan também tiveram suas presenças oficialmente confirmadas no ATP Finals nesta segunda-feira. Disparados no topo, com 10.710 pontos, eles jogarão a competição pelo 13º ano consecutivo, sendo que se sagraram campeões em 2003 2004 e 2009.

Vice-líderes do ranking de duplas, o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya ainda lutam para assegurar lugar no evento realizado em Londres.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1) Novak Djokovic (SER), 13.130 pontos

2) Rafael Nadal (ESP), 12.670

3) Roger Federer (SUI), 6.100

4) Stanislas Wawrinka (SUI), 5.770

5) Tomas Berdych (RCH), 4.410

6) Milos Raonic (CAN), 3.920

7) David Ferrer (ESP), 3.875

8) Juan Martín Del Potro (ARG), 3.360

9) Grigor Dimitrov (BUL), 3.270

10) Andy Murray (GBR), 3.040

11) Kei Nishikori (JAP), 2.780

12) John Isner (EUA), 2.690

13) Ernests Gulbis (LET), 2.680

14) Richard Gasquet (FRA), 2.370

15) Fabio Fognini (ITA), 2.135

16) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 1.910

17) Kevin Anderson (AFS), 1.835

18) Roberto Bautista Agut (ESP), 1.785

19) Mikhail Youzhny (RUS), 1.735

20) Tommy Robredo (ESP), 1.720

96) Thomaz Bellucci (BRA), 589

116) João Souza (BRA), 520

175) Rogério Dutra Silva (BRA), 297

197) Guilherme Clezar (BRA), 256

Leia tudo sobre: nadalvice-líderrankingtênisatp finalsfedererdjokovic