Festa tem a cara do Brasil

Encerramento da Copa contou com escola de samba, hits do axé e a presença de Shakira, Carlinhos Brown e Ivete Sangalo

iG Minas Gerais |

douglas magno
undefined

O show de encerramento da Copa do Mundo 2014 teve a cara do Brasil! Afinal, antes da derradeira partida, uma bateria de escola de samba e porta-bandeiras, carregando o estandarte de cada um dos 32 países participantes do torneio iniciado dia 12 de junho, invadiram o Maracanã, no Rio de Janeiro. Sobre o gramado, havia uma grande bandeira brasileira e quatro esculturas nas extremidades do campo – elas representaram os valores: liberdade, solidariedade, paixão e diversidade.

Os destaques da festa foram os países finalistas da competição, Argentina e Alemanha, que, além das porta-bandeiras, tinham mestre-sala vestidos com os seus uniformes. Eles fizeram um desafio de embaixadinhas, tentando chamar a atenção de uma porta-bandeira vestida de dourado, que representava a taça da Copa do Mundo.

Após a apresentação cênica, Shakira e Carlinhos Brown subiram ao palco e cantaram a música “Dare La La La”, que não é a oficial do torneio, mas foi adotada pelos torcedores, principalmente na interpretação da cantora colombiana.

Na sequência, o haitiano Wyclef Jean, o mineiro Alexandre Pires e o guitarrista colombiano Carlos Santana cantaram a canção oficial, “Dar Um Jeito”. A brasileira Ivete Sangalo se apresentou em seguida, animando os presentes com os antigos sucessos “Festa no Gueto” e “Poeira”.

Grande final

No fim da apresentação, todos os artistas retornaram ao palco, que foi montado no centro do campo. Shakira levou o filho Milan, fruto do seu relacionamento com o zagueiro espanhol Piqué, que também estava presente no estádio.

Os brasileiros cantaram a música “Peguei Um Ita no Norte”, homenageando a festa feita pelo país em mais de 30 dias de competição e com milhões de turistas viajando pelo país para assistir às partidas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave