'Copa só não foi perfeita porque hexacampeonato não veio', diz Dilma

Presidente também disse que o evento foi "muito bem sucedido" e que os brasileiros guardarão a emoção por tê-lo realizado

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o Presidente da Alemanha, Joachin Gauk durante almoço em homenagem aos Chefes de Estado e de Governo participantes do encerramento da Copa do Mundo FIFA 2014. (Rio de Janeiro - RJ, 13/07/2014)
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o Presidente da Alemanha, Joachin Gauk durante almoço em homenagem aos Chefes de Estado e de Governo participantes do encerramento da Copa do Mundo FIFA 2014. (Rio de Janeiro - RJ, 13/07/2014) Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Em discurso de entrega simbólica da Copa do Mundo para a Rússia, que sediará o Mundial em 2018, Dilma Rousseff afirmou que a "Copa só não foi perfeita porque o hexacampeonato não veio". A presidente também disse que o evento foi "muito bem sucedido" e que os brasileiros guardarão "a emoção e a satisfação" de tê-lo realizado. Segundo ela, delegações, seleções e turistas que vieram ao Brasil "levarão a experiência de ter conhecido um belo país" onde "impera a diversidade". Para Dilma, a atenção dos fãs de futebol agora se voltam para a Rússia, "um país especial, de uma cultura rica e que terá a honra de sediar o maior dos espetáculos do futebol". Ao final do discurso, a presidente convidou todos a voltarem para as Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2016, que acontecem no Rio.

Leia tudo sobre: copa do mundohexadilma rousseffpresidentebrasil