Torcedores em BH apoiam Argentina na busca pelo tri

Pizzaria localizada no bairro Cruzeiro é um dos pontos de encontros de fãs e argentinos que torcem pela Albiceleste

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

A torcida pela Argentina na final contra a Alemanha foi reforçada por muitos brasileiros neste domingo, no Pizza Sur, onde mais de 200 pessoas estão reunidas para ver a decisão do Mundial. É o caso do mineiro Luiz Felipe Mendonça, 25 anos, que desde o a Copa de 1998, na França, torce pela Albiceleste.

"Eu sempre gostei do Batistuta e tenho o Sorín, que jogou no meu Cruzeiro, como maior ídolo", justificou.

Luiz declarou que tinha certeza da chegada da Argentina na decisão. "Já se passaram 28 anos desde o último título e, agora, chegou a hora de a seleção argentina conquistar o Mundial mais uma vez. Acho que vamos ganhar de 2 a 0, e será maravilhoso ver a Argentina ganhar essa Copa aqui no Brasil", destacou o mineiro, que estava no Pizza Sur com uma réplica da taça mundial. "Não torço nunca pelo Brasil. Quero mesmo é a vitória da Argentina".

No Brasil há 14 anos, sendo 11 apenas em Belo Horizonte, o argentino Gustavo Roman, proprietário do Pizza Sur, no bairro Cruzeiro, é um dos torcedores mais animados com a final da Copa do Mundo. Com uma camisa oficial da Argentina utilizada no jogo do Mineirão, contra a Bélgica, Gustavo aposta em uma vitória apertada de sua seleção. "Não dá para ficar falando sobre quanto vai ser o jogo. Eu acredito em um 2 a 1, como na final de 1986, ou mesmo uma decisão por pênaltis", declarou.

Gustavo lembra que essa é a terceira Copa do Mundo em que o seu estabelecimento é escolhido como um dos principais pontos dos torcedores argentinos em Belo Horizonte. "Nós abrimos o Pizza Sur em abril de 2004. No primeiro ano, tivemos a Copa América, que o Brasil ganhou da Argentina nos pênaltis. Nos Mundias de 2006 e 2010, não fomos felizes. Mas, agora, chegamos a essa decisão e acredito que não iremos deixar escapar esse tricampeonato", ressaltou.

Gustavo comemora a boa presença de torcedores no Pizza Sur. Brasileiros que torcem pela albiceleste e argentinos dividiram desde o início da tarde deste domingo os espaços da casa para acompanhar o confronto com a Alemanha. "A festa é bonita e estamos muito confiantes no título", destacou o argentino, que é casado com uma brasileira, com quem tem dois filhos. "Depois de minha família, a coisa mais maravilhosa que poderá me acontecer aqui no Brasil será ver a Argentina campeã", afirmou.  

Leia tudo sobre: copa do mundotorcidaargentinabelo horizonte