Turismo campeão

Os países que se enfrentam hoje na final da Copa têm muito o que mostrar aos visitantes

iG Minas Gerais | Tânia Ramos |

Glaciar Perito Moreno, na Patagônia Argentina
Nina Marciano/divulgação
Glaciar Perito Moreno, na Patagônia Argentina

A Alemanha e a Argentina, países cuja seleções se enfrentam logo mais na final da Copa do Mundo 2014, também batem um bolão em atrações turísticas. Campeão ou vice-campeão do mundo no futebol, os dois países – europeu e sul-americano, respectivamente – têm garantido um grande fluxo turístico nos próximos meses, de amantes ou não desse esporte de origem inglesa.

Para chegarem à final, a ser disputada hoje no Maracanã, no Rio de Janeiro, a seleção alemã atropelou o Brasil com uma inusitada goleada de 7 a 1, no Mineirão, enquanto nossos “hermanos” venceram os holandeses somente nos pênaltis, por 4 a 2, no Itaquerão. Frustrações nossas à parte, que vença a melhor!

A escolher

Porém, enquanto a bola não começa a rolar no gramado carioca, saiba que, segundo a Organização Mundial do Turismo (sigla em inglês, Unwto), a Alemanha foi o sétimo país mais visitado do mundo em 2013 – e o quarto da Europa, atrás apenas de França, Espanha e Itália.

A capital argentina, Buenos Aires, encabeça o Top 10 Travellers’ Choice Destinations da América do Sul, ao lado de Colômbia, Chile, Brasil e Peru, conforme pesquisa realizada pelo site de viagens TripAdvisor entre os internautas.

Se na Alemanha o visitante pode mergulhar em sua milenar história, conhecer castelos – inclusive o que inspirou o Castelo da Cinderela, na Disney, em Orlando – ou se esbaldar em festas, como a tradicional Oktoberfest, na Argentina, é possível apreciar os passos do tango na capital e as belezas naturais pelo país afora, como o glaciar Perito Moreno e as Cataratas do Iguaçu (atrativo que divide com o Brasil), uma das sete maravilhas naturais do mundo.

Contudo, os dois países não têm comparação. São destinos distintos, a serem vivenciados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave