Parreira (2003/06)

Preferiu deixar Robinho e Fred, que estavam voando naquela temporada, no banco de reservas

iG Minas Gerais |

Gaspar Nóbrega/VIPCOMM
undefined

No Mundial disputado na Alemanha, em 2006, Carlos Alberto Parreira se preocupou mais em montar um time de nome do que colocar os jogadores mais bem preparados para aquele momento. Mesmo vendo Adriano e Ronaldo acima do peso e atuando mal, preferiu deixar Robinho e Fred, que estavam voando naquela temporada, no banco de reservas. Caiu nas quartas de final para a seleção da França.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave