Thais Santos Mineira

Thais Santos Mineira, 31 Mora em Israel há sete anos e trabalha em um hotel Em Tel Aviv

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Como está a situação em Tel Aviv?  

Está tudo normal. As pessoas sabem dos mísseis lançados, toca a sirene, mas nada muda. Todo mundo continua trabalhando, indo à escola, andando na rua, e a praia está lotada.

O turismo foi afetado?

Diminuiu um pouco. Trabalho em um hotel que estava cheio até o fim de junho e, nesta semana, a ocupação diminuiu para 60%. Muita gente cancelou as reservas.

A sua sensação é de medo?

Não tem clima de apreensão. Eu não tenho a menor sensação de medo, pelo contrário, me sinto muito segura, muito mais do que no Brasil. Hoje, por exemplo, a sirene tocou às 10h30. Normalmente os apartamentos têm um quarto antiguerra, mas o meu não tem, então fomos para a escada, que é o lugar mais seguro. Ouvi um barulho muito forte como de uma bomba, mas, assim que passou o barulho, todo mundo voltou ao normal.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave