‘Kluivert nos fala o quanto é ruim perder para o Brasil’, diz Kuyt

Ex-atacante da Holanda, atual assistente de Van Gaal foi eliminado pelo Brasil nas semifinais da Copa de 1998, na França

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES E DANIEL OTTONI |

Holanda e Argentina buscam uma vaga na grande final da Copa do Mundo
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Holanda e Argentina buscam uma vaga na grande final da Copa do Mundo

BRASÍLIA. O ano de 1998 não sai da memória de Patrick Kluivert, ex-atacante da seleção da Holanda e, atualmente, assistente técnico de Louis Van Gaal na Laranja Mecânica. Foi justamente na última Copa do Mundo da década de 90, na França, que os holandeses foram eliminados pelo Brasil na fase semifinal e perderam, naquela época, a chance de disputar o título.

A derrota foi tão marcante na vida do atual membro da comissão técnica holandesa que, 16 anos depois, Kluivert, que marcou o gol da Holanda no empate em 1 a 1 com o Brasil, ainda comenta sobre o fato. Quem afirma isso é o atacante Dirk Kuyt.

“O Kluivert falou sobre isso (derrota para o Brasil), conversamos com ele várias vezes. Não foi tão bom perder, ele disse. E não é só ele que pensa e relembra, ainda há muitos ex-jogadores holandeses que não se sentem bem com fatos do passado”, afirmou Kuyt na última entrevista coletiva da Holanda antes da disputa de terceiro lugar com o Brasil.

Ainda sem conquistar um título mundial, mesmo com dez participações em Copas do Mundo, a Holanda espera deixar uma boa impressão em sua partida de despedida da competição de 2014.

“Seria ótimo acabar esse campeonato vencendo. Ainda não estaríamos totalmente satisfeitos, pois queríamos o título. Mas como atletas de grande desempenho temos que pensar na vitória. O terceiro lugar nos dá sensação melhor que o quarto lugar. Isso é o que o Kluivert vem passando para nós”, comentou Kuyt.

Leia tudo sobre: holandaCopa do MundoKuytBrasilterceiro lugarBrasíliaMané Garrincha