Inverno aquecido

Tons terrosos, queimados, quentes e vibrantes acendem os cenários da casa contemporânea

iG Minas Gerais | Ana Paula Braga |

Visual. Paleta de cores está mais criativa e imponente
Divulgação
Visual. Paleta de cores está mais criativa e imponente
Cores que aquecem, dão sensação de amplitude ou transmitem uma atmosfera cozy. Grandes apostas de tonalidades para decorar os cenários da casa neste inverno oferecem uma nova inspiração para os projetos contemporâneos de arquitetura e design de interiores. Ao mesmo tempo em que as propostas vão sendo substituídas por opções cada vez mais criativas e imponentes, a cor, o estilo e sua composição ainda são quesitos consistentes quando se trata de moda e decoração.    “A combinação de cores é um processo de análise, experimentação e referências, que dependem da personalidade e do gosto do morador que irá frequentar os ambientes da casa. É importante saber qual emoção cada cor estimula e também a sensação que cada tipo de espaço precisa despertar”, pontua a designer de cores da Suvinil Ana Kreutzer.   Segundo ela, a proposta de modificar o visual, aliada com uma liberdade maior nas composições, inspira belas experimentações pelos espaços da casa com a presença de cores mais ousadas e vibrantes nesta temporada. “Essa seleção envolve tanto os tons mais fechados e densos, das famílias dos azuis e dos verdes, como as nuances vibrantes encontradas entre os violetas, os vermelhos, os laranjas e os amarelos. É possível, por exemplo, transmitir uma sensação de aconchego mesclando cores quentes e neutras. Tons mais queimados compõem uma atmosfera rústica e são ideais para quem prioriza conforto e vê a casa como refúgio”, propõe.    Na paleta de cores lançada pela marca em 2014, a dica da designer é mesclar o tom terroso e quente do Marrom-Glacê com neutros como o bege Capoeira e o nude Gergelim. Outra ideia é brincar com tons vibrantes como o fúcsia Violeta Africana e equilibrar com tons frios, como o do cinza Inox.   

Leia tudo sobre: invernocorescasa