Filho de Pelé retorna para delegacia em Santos

Edinho havia sido transferido para São Vicente à tarde, mas voltou sem explicação; ele foi condenado por lavagem de dinheiro e teve o pedido de prisão preventiva decretado por não entregar passaporte à Justiça

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O ex-goleiro Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, foi levado de volta ao 5º Distrito Policial de Santos (a 72 km de São Paulo), de onde havia saído na manhã desta sexta-feira (11).

Ele havia sido encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de São Vicente (a 65 km da capital paulista), onde cumpriria a pena de 33 anos e quatro meses de prisão por lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas. No entanto, segundo seu advogado Eugênio Carlo Balliano Malavasi, Edinho teve que retornar ao 5º DP de Santos.

Malavasi não soube informar o motivo. A reportagem tentou entrar em contato com a Secretaria de Administração Penitenciária e com o Centro de Detenção Provisória na noite desta sexta, mas ninguém atendeu o telefone.

O caso

Edinho foi preso na terça-feira (8) por determinação da juíza auxiliar da 1ª Vara Criminal de Praia Grande, Suzana Pereira da Silva.

A magistrada decretou a prisão preventiva porque o passaporte do ex-goleiro não foi apresentado à Justiça. A entrega do documento era uma condição para que ele pudesse recorrer em liberdade da sentença, proferida em 30 de maio.

O advogado de Edinho, Eugênio Malavasi, pediu ontem à juíza a reconsideração da prisão preventiva. A Justiça, entretanto, ainda não se manifestou sobre o pedido.

Edinho diz ter perdido o documento e comunicou o fato à Polícia Federal em junho. Segundo Malavasi, a instituição cancelou o passaporte extraviado e ele entregou à Justiça um comprovante de cancelamento na segunda (7).

"Ele não pode apresentar um documento que não existe mais, o que foi documentalmente comprovado através da Polícia Federal", afirma o defensor.

Malavasi disse que se a Justiça determinar a manutenção da prisão preventiva vai impetrar um habeas corpus em favor de seu cliente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave