Vice de Tião Viana tem registro de candidatura impugnado no Acre

No entendimento da Procuradoria Eleitoral do estado, Nazareth Lambert não comprovou com documentos a licença do cargo de procuradora de Justiça para a disputar o pleito

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Procuradoria Eleitoral do Acre barrou o registro da candidata a vice-governadora pelo PT, a procuradora de Justiça Nazareth Lambert. Ela integra a chapa do atual governador Tião Viana (PT), que tenta a reeleição.

Segundo a Procuradoria, Lambert caiu na lista dos impugnados porque não comprovou com documentos a licença ao cargo de procuradora para disputar as eleições.

Assim que for notificada pela Justiça Eleitoral, a candidata terá sete dias para apresentar recurso à decisão.

Detentor do terceiro menor colégio eleitoral do país - com 506.723 eleitores - o Acre é o primeiro Estado a divulgar a lista dos registros de candidaturas impugnadas para as eleições deste ano.

Entre os critérios para barrar os registros, neste pleito, passou a valer a aplicação da Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de políticos condenados em tribunais colegiados da Justiça. De acordo com a Procuradoria Eleitoral do Estado, dos 628 registros de candidatura, 41 (6,52%) foram impugnados.

A maioria dos registros barrados, 33 no total, é para o cargo de deputado estadual. Na sequência aparecem outros seis registros para a vaga de deputado federal e mais um para primeiro suplente de senador.

Ainda de acordo com a Procuradoria, a maioria dos candidatos foi barrada por falta de filiação partidária e por condenações em órgãos colegiados, como os Tribunais de Contas do Estado e da União - uma das recomendações da Lei da Ficha Limpa.

Outros 63 candidatos, informou a Procuradoria, tiveram parecer contrário à candidatura - a maioria, por não comprovar com documentos a licença dos cargos que exerciam.

Os candidatos com registro indeferido terão três dias para recorrer do parecer da Procuradoria. O prazo para o registro das candidaturas nos Tribunais Regionais Eleitorais do país terminou no dia 5 deste mês.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave