TRE dá direito de resposta à Pimenta da Veiga por nota do PT-MG

De acordo com a decisão, a resposta deve ficar disponível para acesso por cinco dias

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

O juiz Paulo Rogério Abrantes, do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), concedeu direito de resposta ao pré-candidato ao governo do Estado pelo PSDB, Pimenta da Veiga, em relação à nota publicada pelo PT-MG sobre suposta infração à legislação eleitoral cometida pelo tucano em sua fanpage.

A solicitação foi feita em uma ação judicial movida por Pimenta da Veiga, que afirmou que o comunicado tinha caráter injurioso e difamatório. Uma liminar concedida pela Justiça Eleitoral no dia 1º de julho determinou que a nota fosse retirada do ar em 24 horas, mas o pedido de direito de resposta ainda não havia sido deferido.

Nesta sexta-feira (11), a nota com a resposta de Pimenta da Veiga foi publicada no site do PT-MG e também nas redes sociais do partido em Minas Gerais. De acordo com a decisão do TRE-MG, a resposta deve ficar disponível para acesso por cinco dias e os custos da veiculação vão correr por conta do PT.

A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a assessoria de imprensa do PT-MG, que ainda não informou se o partido vai recorrer da liminar.

Ao saber da decisão, Pimenta da Veiga afirmou que em sua história política e pessoal sempre primou pelo respeito às normas legais e reiterou o compromisso de manter uma conduta respeitosa durante todo o processo eleitoral.

Leia tudo sobre: políticapimenta da veigaptdireito de resposta