Mineira comove internautas com vídeo com a mãe que tem Alzheimer

Uma página na internet foi criada pela filha para contar o dia a dia com sua mãe e dar dicas para quem também convive com a doença

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

Filha faz sucesso com vídeos em que mostram cotidiano com a mãe que tem Alzheimer
Reprodução Facebook
Filha faz sucesso com vídeos em que mostram cotidiano com a mãe que tem Alzheimer

Uma rotineira conversa entre filha e mãe está comovendo internautas e já se tornou um sucesso nas redes sociais. O papo era mais um dos realizados toda noite entre a aposentada Ana Heloisa Caldas Arnout, 55, e a mãe dela Anna Izabel Arnaut, 93, que tem a doença de Alzheimer – patologia que causa perda das funções cognitivas, como memória, orientação, linguagem e atenção - há 11 anos. Na conversa, registrada em vídeo, a mãe não se lembra quem é a filha, mas faz vários elogios a ela.

“Eu faço os vídeos para registrar os meus momentos com a minhã mãe e quando ela não tiver mais aqui eu me lembrar do que vive com ela”, contou Ana Heloisa. O vídeo foi postado no perfil no Facebook de Ana Heloisa e começou a ser compartilhado pelos amigos dela e em pouco tempo o vídeo se tornou uma sensação na internet. Em apenas um mês foram mais de 330 mil compartilhamentos.

 “Eu não esperava que o sucesso fosse ser tanto, eu postei o vídeo mais para os amigos, mas fiquei muito surpresa e alegre com o sucesso”, destaca. O sucesso foi tanto que a aposentada resolveu criar uma página na rede social para divulgar outros vídeos e histórias com a mãe. No canal do Youtube já são vários registros de conversa com a mãe e homenagens a ela.

Confira o vídeo:

 

No Facebook ela criou a página “Alzheimer - Minha mãe tem”, que já teve mais de 130 mil curtidas. Na rede social, mãe e filha recebem o carinho dos internautas. Na página, Ana Heloisa posta uma série de acontecimentos dela com a mãe, a história das duas e também várias dicas para as pessoas que passam pela mesma doença. São dicas que passam pela alimentação, banho e de como lidar com a doença.

“Estou recebendo um retorno muito positivo dos seguidores, tem gente passando energias positivas e muita gente que enfrenta o mesmo problema me agradecendo pela ajuda. Acaba se tornando uma troca de experiências”, concluiu a aposentada. Mãe e filha moram em Belo Horizonte. 

Clique aqui para conferir a página das duas no facebook. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave