Felipão fecha defesa em último treino e saca Fred e Hulk do ataque

Treinador, que antes optava pelo uso de três atacantes, colocou o time mais atrás na atividade desta sexta

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A descrença do brasileiro quanto à disputa do terceiro lugar da Copa do Mundo ainda é grande, mas, ao que parece, o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, pode tardiamente ceder à pressão e modificar o time, muito criticado antes mesmo da fatídica e vexatória derrota para a Alemanha por 7 a 1. Nesta sexta-feira, no último treino antes do decisivo duelo com a Holanda - quando o time canarinho terá a chance de diminuir um pouco a dor dos torcedores brasileiros -, Felipão promoveu quatro mudanças em relação à equipe que iniciou a partida contra a Alemanha. Uma delas foi a saída do atacante Fred, um dos que mais desagradaram durante a Copa. Além disso, outra novidade pode ser o esquema do treinador, que no trabalho desta manhã passou de uma formação ofensiva - três atacantes - para uma bem mais defensiva, com três volantes: Luis Gustavo, Paulinho e Ramires. O time completo teve:  Júlio César; Maicon, Henrique, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Ramires, Willian e Oscar; Jô. O zagueiro Henrique formou dupla com David Luiz, já que Thiago Silva foi poupado, mas não preocupa. Os outros jogadores que deixaram o time titular foram Bernard, Hulk e Fernandinho. Brasil e Holanda se enfrentam neste sábado, às 17h, em Brasília, em jogo que vale o bronze do Mundial.

Leia tudo sobre: treinofredseleção brasileiracopa do mundoforajogoholandaterceirolugar