Argentinos minimizam tira-teima contra alemães: 'Cada jogo é um jogo'

As duas equipes já estiveram frente a frente por duas vezes em uma final: um título ficou nas mãos dos argentinos, enquanto outro ficou com os alemães

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Alex de Jesus
undefined

Nunca na história do futebol, um jogo final de Copa do Mundo se repetiu tanto quanto um Argentina e Alemanha. Sul-americanos e europeus disputarão neste domingo, no Maracanã, a terceira finalíssima em Mundiais. Nas duas vezes em que estiveram frente a frente, um título ficou nas mãos dos argentinos, enquanto outro ficou com os alemães. Em 1986, Maradona ajudou seus compatriotas a conquistar o bicampeonato, no México. Em 1990, na Itália, os alemães deram o troco e ficaram com a taça.

Na Copa mais midiática de todos os tempos, no Brasil, uma das seleções desempatará o histórico duelo. Apesar de muitos considerarem a finalíssima como um tira-teima, os próprios jogadores da Argentina preferem evitar caracterizar dessa forma o reencontro.

“Cada partida é diferente. Temos pela frente um grande adversário e vamos fazer de tudo para fazermos um bom jogo. Estamos na final, temos que jogar bem para vencer. Outras Copas são passado, outros jogadores buscam esse título agora. Vai vencer quem for melhor”, disse o atacante Sérgio “Kun” Agüero.

O meia Maxi Rodriguez, que participou do jogo contra o Atlético pelas semifinais da Copa Libertadores de 2013, defendendo o Newell’s Old Boys, elogia os alemães. O meio-campista espera um jogo complicado, que será decidido nos detalhes.

“Temos que estar concentrados, pois a partida será muito tática, contra um rival que tem uma linha muito forte de cinco jogadores defensivos. E é difícil entrar nessa defesa. Temos que jogar com inteligência, pois será um jogo decidido nos detalhes. Sabella sabe de nossa virtude. Domingo vamos fazer o melhor possível para desfrutar bem desse dia”, disse.

Argentina e Alemanha se enfrentam neste domingo, às 16h, no Maracanã. Ambas as equipes vivem um grande jejum de títulos em Copas do Mundo. Os alemães não vencem há 24 anos. Já os Hermanos estão na fila há 28 anos. Quando o assunto é título continental, a Argentina espera desde 1993 por uma nova Copa América, enquanto os alemães esperam pela Eurocopa desde 1996.

Leia tudo sobre: copa do mundoargentinaalemanhatira-teimajogo