Olhares sobre as cores e paisagens inesperadas

Carlos H. Reinesch e Pedro Sales apresentam séries em que o contraste dos tons ocres e das cores vivas é atração

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

Os saltos dos meninos de Mucuri chamaram a atenção de Carlos H. Reinesch
Carlos H. Reinesch / divulgação
Os saltos dos meninos de Mucuri chamaram a atenção de Carlos H. Reinesch

Dois fotógrafos, duas viagens. Durante cada uma delas, separadamente e ao acaso, eles encontraram paisagens exóticas e inspiradoras que resultaram em séries em que a cor é senhora. Apresentadas juntas, no BDMG Cultural, as exposições “Nadando pelo Ar”, de Carlos H. Reinesch, e “Humahuaca, as Flores Não Morrem”, de Pedro Sales, permanecem em cartaz até 27 de julho.

De férias no Sul da Bahia, no município de Mucuri, Reinesch relaxava à beira-mar, e chegou até um ponto em que um rio barrento de água doce encontrava o oceano. Exatamente neste local, havia uma árvore caída, onde crianças brincavam de saltos ornamentais. Do primeiro vislumbre da expressão de felicidade dos meninos, o fotógrafo sacou a câmera e nem pensou: se jogou no mar junto deles para registrar a cena.

“Corri um risco grande, porque a câmera ficou ensopada. As fotos tinham de ser feitas naquele momento exato, estava tudo perfeito. Eu só tinha duas lentes na mão, uma grande angular e uma olho de peixe, mas olhando o resultado final, era o que bastava. As crianças gostaram da aproximação, curtiram se exibir para a câmera”, diz o fotógrafo.

A experiência de Sales, igualmente inesperada, foi na fronteira da Argentina com a Bolívia, em Humahuaca. Subindo um morro, já um pouco afastado da cidade, ele se deparou com um cemitério que parecia em festa. “Fiquei surpreso com aquelas cores todas das flores de plástico, em contraste com a aridez do cenário. É um paradoxo, porque essas cores dão vida para o lugar, parece que estão lá querendo que a vida permaneça, e não a morte”, afirma ele.

A união das duas propostas partiu da comissão julgadora do programa Mostras BDMG. “Existe um diálogo interessante entre elas”, diz Sales.

Serviço. Exposições fotográficas “Nadando pelo Ar”, de Carlos H. Reinesch, e “Humahuaca, as Flores Não Morrem”, de Pedro Sales, no BDMG Cultural (rua Bernardo Guimarães, 1.600, Lourdes). Visitação: até 27 de julho, diariamente, das 10h às 18h. Entrada franca.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave