Furto de carro em shopping é indenizado

Proprietária de veículo vai receber pouco mais de R$ 6.000; centro de compras perdeu recurso

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A proprietária de um carro furtado no estacionamento do Itaú Power Center, em Contagem, vai ser indenizada no valor de R$ 6.732. A decisão é da 16ª Câmara Cível de Belo Horizonte.

Em primeira instância, a Justiça já havia determinado que o shopping e duas empresas responsáveis pelo estacionamento do centro de compras restituíssem solidariamente o valor de R$ 7.500 à proprietária do carro furtado.

As empresas recorreram da decisão, mas perderam. A 16ª Câmara Cível apenas alterou a sentença para reduzir a indenização para o valor de mercado do veículo, ou seja, R$ 6.732. A quantia deve ser corrigida a partir da data do furto.

O desembargador responsável pelo caso argumentou que as duas empresas de segurança celebraram contrato de prestação de serviço com o Itaú Power Center, no qual está expressa a responsabilidade da contratada em caso de prejuízos causados ao contratante, seus funcionários e terceiros. “O estacionamento no shopping não é uma gentileza, ele existe como parte essencial do negócio, gerando para o cliente uma verdadeira expectativa de guarda”, afirmou o relator José Marcos Rodrigues.

Tíquete

Aceito. A dona do carro incluiu no processo o boletim de ocorrência e o tíquete do estacionamento, que comprova a entrada do seu carro no estabelecimento. O pedido de danos morais foi negado.

Leia tudo sobre: carrofurtoshoppingindenização