Hermanos ignoram torcida de Neymar: 'lutamos pelo sonho argentino'

Companheiro de Messi, brasileiro disse que espera vitória argentina, mas jogadores ficaram com pé atrás

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Em tom irônico, Agüero disse não se importar com torcida de Neymar
AFA/DIVULGAÇÃO
Em tom irônico, Agüero disse não se importar com torcida de Neymar

A rivalidade entre Brasil e Argentina ganhou mais um capítulo, mesmo com a seleção brasileira fora da final da Copa do Mundo. O atacante Neymar, lesionado, mas de volta à Granja Comary para dar apoio aos seus companheiros, declarou em entrevista coletiva que torcerá para os argentinos na final da Copa do Mundo.

Em um mundo totalmente globalizado e midiático, não demorou muito para os jornalistas argentinos tomarem conhecimento das palavras do craque brasileiro. Em instantes, o assunto tomou conta da entrevista do meia Maxi Rodríguez e do atacante Sérgio “Kun” Agüero.

Ao responder o questionamento de um dos jornalistas, Maxi Rodríguez foi mais político em sua resposta.

“O que me interessa é sair campeão, o que também é o sonho de todos os argentinos. Vamos lutar para que isso aconteça. Não sabemos se Neymar falou isso para o bem ou para o mal. Os que opinam de fora não importa”, disse Maxi.

Já Agüero foi rápido e rasteiro. Com tom irônico, expressão facial de quem não estava “nem aí”, disse: “Não, obrigado”, evitando dar continuidade ao assunto.

Neymar disse nesta quinta-feira que torceria por seus companheiros de Barcelona, Messi e Mascherano. "Claro que se parar para pensar um brasileiro torcendo pra a Argentina. Galera, eu não estou torcendo pela Argentina, mas por uma pessoa que eu passei a admirar ainda mais por estar ao lado dele todos os dias. É um jogador que eu admirava de longe. Passei a admirar como pessoa. A minha torcida é pelo Messi. Eu disse que queria a Argentina na final porque o Brasil chegaria à final. Desejo toda a sorte do mundo pra ele e para o Mascherano, que são os meus companheiros no Barcelona", comentou.

Sobre a declaração do holandês Arjen Robben, eliminado justamente pela Argentina, Agüero seguiu a linha de não se importar com a opinião alheia: "O que os outros pensam não nos importa", disse em relação à declarada torcida do astro do Bayern de Munique para os alemães.

Leia tudo sobre: agüeromaxi rodrigueztorcidaneymarargentinaargentinoshermanosseleção argentinafinalmessi