Dois acusados da morte de empresários do Sion será na próxima segunda

A expectativa é de que sejam ouvidas 11 testemunhas, antes do interrogatório dos réus

iG Minas Gerais | Da redação |

Está marcado para a próxima segunda-feira, 14 de julho, o julgamento do norte americano Adrian Gabriel Grigorce e do policial André Luiz Bartolomeu, acusados de envolvimento no assassinato dos empresários Rayder Santos Rodrigues, de 39 e Fabiano Ferreira Moura, de 36 anos, no bairro Sion, em abril de 2010.

A sessão será realizada no 2º Tribunal do Júri do Fórum Lafayette e será presidida pelo juiz Glauco Eduardo Soares Fernandes. O Ministério Público será representado pelo promotor Francisco de Assis Santiago. A expectativa é de que sejam ouvidas 11 testemunhas, antes do interrogatório dos réus. Três réus envolvidos nesses homicídios já foram condenados. Em setembro de 2013,  Frederico Costa Flores Carvalho foi condenado a 39 anos de reclusão por homicídio qualificado, sequestro e cárcere privado, extorsão, destruição e ocultação dos cadáveres e formação de quadrilha. Ao aplicar a pena, o juiz considerou a semi-imputabilidade atestada pelo laudo pericial e acolhida pelos jurados, e a confissão espontânea do acusado. O ex-policial Renato Mozer foi condenado a 59 anos de reclusão, em dezembro de 2011, e o estudante Arlindo Soares Lobo a 44 anos de reclusão, em julho de 2013, ambos por homicídio qualificado, extorsão, destruição e ocultação de cadáver e formação de quadrilha.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave