Asfalto da Pedro I é recapeado e horário de trabalho é reduzido

Para atender um pedido dos moradores da região, os funcionários que atuam na limpeza da via passarão a trabalhar das 8h às 17h; previsão é que o trânsito seja liberado no sábado

iG Minas Gerais | Jhonny Cazetta |

CIDADES : Belo Horizonte - Mg - Pedro I - Viaduto Batalha dos Guararapes na Av Pedro I . Segundo dia de recapiamento do asfalto da Av Pedro I , local onde o Viaduto Batalha dos Guararapes caiu a uma semana atras.
Foto : Joao Godinho / O Tempo 10.07.2014
JOAO GODINHO / O TEMPO
CIDADES : Belo Horizonte - Mg - Pedro I - Viaduto Batalha dos Guararapes na Av Pedro I . Segundo dia de recapiamento do asfalto da Av Pedro I , local onde o Viaduto Batalha dos Guararapes caiu a uma semana atras. Foto : Joao Godinho / O Tempo 10.07.2014

O asfalto da avenida Pedro I está passando por recapeamento na manhã desta quinta-feira (10), no local onde o viaduto Batalha dos Guararapes desabou, há uma semana. Os operários que atuam na limpeza da avenida após a demolição tiveram o horário reduzido a pedido dos moradores da região.

Os funcionários, que trabalhavam de 8h às 22h, passarão a trabalhar de 8h às 17h a partir desta quinta-feira. A informação foi repassada pelo gerente da Defesa Civil, Waldir Figueiredo, em entrevista coletiva concedida na parte da manhã, no local onde o viaduto desabou.

De acordo com Figueiredo, a previsão é de que o trânsito na avenida Pedro I, que está fechado desde o dia 3 de julho, seja liberado neste sábado (12). Ele afirmou que é muito remota a possibilidade de remover os moradores de um dos prédios que fica próximo à alça do viaduto que foi preservada para a perícia.

Deslocamento

Durante a coletiva, o engenheiro da Defesa Civil Nilson Luiz apresentou os relatórios sobre a estrutura que não desabou. Segundo o engenheiro, não foi constatada nenhuma movimentação significativa na alça. Na vertical, a movimentação foi zero e, na horizontal, foi de cerca de 2 mm, o que, segundo ele, é totalmente aceitável. Nilson Luiz afirmou que qualquer informação contrária a isso é infundada.

Nessa quinta-feira, uma mensagem falsa circulou nas redes sociais, informando que outro viaduto da avenida Pedro I teria cedido 7 cm. O boato atribuía a informação ao Corpo de Bombeiros, mas a corporação nega ter enviado qualquer mensagem desta natureza.

Passeata 

Cerca de 150 familiares e amigos de Hanna Cristina Santos, de 25 anos, que morreu na queda do viaduto Guararapes fizeram um protesto na noite dessa quarta-feira (9). 

Com balões brancos, velas e rezando, o grupo saiu em uma caminhada da paróquia Nossa Senhora da Conceição, no bairro Itapoã, na região da Pampulha, onde foi realizada a missa de sétimo dia da vítima e foram até o viaduto onde ocorreu a tragédia.

Atualizada às 12h12

Leia tudo sobre: viadutopedro Irecapeamento