Alemanha pede que principal agente americano em Berlim deixe o país

As relações entre os dois países ficaram estremecidas depois de uma série de denúncias feitas por Merkel sobre a espionagem feita por Washington

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O governo alemão pediu aos Estados Unidos que o chefe da agência de inteligência americana em Berlim deixe o país, disse nesta quinta-feira (10) um deputado aliado da chanceler Angela Merkel.

Clemens Binniger, que faz parte da comissão do Parlamento que fiscaliza as agências, disse que "o governo pediu que o representante das agências de inteligência dos EUA na Alemanha deixe o país como resposta a falha em ajudar a responder diversas alegações, a começar pela NSA e até os últimos incidentes".

As relações entre os dois países ficaram estremecidas depois de uma série de denúncias feitas pela Alemanha sobre a espionagem feita por Washington.

Entre os casos citados pelos deputado estão as denúncias recentes que um espião da BDA (a agência de inteligência alemã) e um militar do Exército passaram informações ao governo americano. O agente foi preso no dia 9 de julho.

Além disso, Berlim também reclama da espionagem feita pela NSA (Agência de Segurança Nacional) americana contra a chanceler Angela Merkel, como revelado por Edward Snowden.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave