Pimentel critica endividamento de Minas Gerais de R$ 20 bi

Pimentel criticou o endividamento de Minas Gerais

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

Fernando Pimentel criticou o endividamento de Minas Gerais
JOAO GODINHO / O TEMPO
Fernando Pimentel criticou o endividamento de Minas Gerais

Em encontro com lideranças de partidos aliados, nessa quarta, em Belo Horizonte, o candidato ao governo de Minas pelo PT, Fernando Pimentel, criticou o modelo o endividamento do Estado. O ex-ministro da presidente Dilma Rousseff ainda negou que o resultado ruim na Copa interfira nas eleições.  

Pimentel participou de duas agendas nessa quarta. Pela tarde, o petista se encontrou com seis associações representativas da Polícia Militar para discutir questões operacionais da segurança pública. No começo da noite, ele se juntou aos líderes de PCdoB, PMDB e PRB, para fazer uma avaliação da campanha e planejar ações futuras.

Antes de entrar para a reunião, que aconteceu a portas fechadas, Pimentel criticou o endividamento de Minas Gerais. Nesta semana, o governo estadual chegou aos R$ 20 bilhões de empréstimo com instituições internacionais. “Minas tem o maior endividamento dos Estados do país. A divida está chegando a marca dos R$ 41 bilhões.”

Pimentel também explicou que os eleitores saberão separar o desastre da seleção brasileira em campo da política. “No campo foi ruim, mas a Copa deu certo.” 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave