Seballa rasga elogios ao poderoso esquadrão alemão

Treinador argentino exalta admiração por futebol germânico e aponta as principais qualidades do rival da decisão

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Treinador argentino prevê um jogo acirrado contra a Alemanha, dona de uma campanha excelente na Copa
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Treinador argentino prevê um jogo acirrado contra a Alemanha, dona de uma campanha excelente na Copa

São Paulo (SP). O respeito da Argentina pela Alemanha é grande. E nem poderia ser diferente. Afinal de contas, o adversário dos hermanos está invicto, com cinco triunfos e um empate, possui um ataque devastador, autor de 17 gols até agora, e um sistema defensivo que deixa poucos espaços – o time levou apenas quatro tentos na competição.

Além disso, a equipe vem de uma goleada esmagadora para cima dos anfitriões da Copa, o Brasil, por 7 a 1, o resultado mais elástico deste Mundial. Todos estes atributos colocam a Alemanha como favorita na final.

O técnico argentino Alejandro Sabella concorda que os germânicos chegam à final tendo convencido mais que os argentinos, mas acredita que quando a bola rolar, ambos os times estarão em pé de igualdade.

“Será um jogo dificílimo. Jogamos no dia posterior ao jogo deles. Temos que descansar, pensar, aproveitar um pouco e ver o que vai acontecer no domingo”, ressaltou Sabella.

O treinador da equipe albiceleste rasgou elogios ao time comandado por Joachim Löw e confessa que barrar o ímpeto dos alemães será uma árdua tarefa.

“Admiro dois países do ponto de vista do futebol: Brasil e Alemanha. A Alemanha tem toda uma história, é uma grande potência física, tática, de força mental. Quando fez historia, tinha jogadores com nuances sul-americanas. Um país efetivamente de primeiro mundo, que sabe como trabalhar a médio e longo prazo. Sabem o que é organização, tem todas essas virtudes e atributos”, disse.

Leia tudo sobre: AlemanhaArgentina