Celebrando a vida

iG Minas Gerais |

“O justo florescerá como a palmeira; crescerá como o cedro no Líbano. Os que estão plantados na casa do Senhor florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice ainda darão frutos; serão viçosos e vigorosos.” - Salmos 92.12-15   A vida caminha a passos largos. A cada novo dia amanhecemos mais velhos. A estimativa do IBGE é de que, em 2060, a população brasileira seja de 58,4 milhões de idosos. A sociedade moderna, principalmente nos países ocidentais, considera o idoso um problema. Muitos jovens não respeitam os mais velhos, não valorizam a sabedoria adquirida através dos anos, como se eles próprios jamais fossem envelhecer. Por isso, muitas pessoas da terceira idade acham que o envelhecimento é algo insuportável, angustiante e assustador. Mas, não é assim que o Criador os vê. É verdade que ninguém gostaria de envelhecer, mas essa é uma realidade da qual não podemos fugir. A Bíblia nos mostra muitos exemplos de homens e mulheres que souberam contar os seus dias e que, mesmo na velhice, tiveram papel vital no cumprimento do plano de Deus. Em Israel, o povo dava muito valor à sabedoria e experiência dos mais velhos, o que proporcionava estabilidade e confiança à nação. Em Êxodo 18, vemos Moisés aceitando um sábio conselho de seu sogro, para que escolhesse outros homens para ajudá-lo, já que não podia julgar o povo sozinho. O respeito pelos idosos era um princípio básico e um mandamento da lei hebraica. Assim, os 70 homens que Moisés indicou para serem juízes em Israel eram idosos e foram eles que receberam o derramamento do Espírito Santo. A Igreja primitiva demonstrou respeito pelos anciãos e a ideia geral, aprovada pelos apóstolos, era de que os mais experientes possuíam sabedoria com relação às coisas espirituais e, por isso, ajudariam a manter a igreja no caminho certo. Deus considera que todo idoso tem papel importante, e que a velhice não é um tempo de exílio, de inutilidade, de desesperança. Pelo contrário, para o Senhor, todos são nova criatura, e ainda que a velhice traga algumas limitações, não significa impedimento para uma vida abençoada e abençoadora, cheia de valor e de dignidade. Temos, portanto, que celebrar a vida, seja em que idade for, porque cada fase tem um valor especial para Deus. O mais importante é estarmos disponíveis para a missão que Ele designou para nós e que façamos diferença, para que seu Reino seja estabelecido na Terra. Que Deus abençoe a todos, para que celebremos a vida, sempre. Pr. Jorge Linhares www.getsemani.com.br Twitter: @_JorgeLinhares  LEIA MAIS  Para saber mais sobre o assunto leia o livro “Celebrando a Vida”, do pastor Jorge Linhares. Pedidos pelo telefone (31) 3491-2266, pelo e-mail vendas@editoragetsemani.com.br ou pelo site www.editoragetsemani.com.br VARGINHA A Igreja Congregação Assembleia de Deus realiza de amanhã a domingo, às 19h, em Varginha, uma festa em comemoração a mais um aniversário. Na sexta, presenças do pr. Antônio Marcos, curado de paralisia cerebral, e da banda Gospel, na rua Padre Bueno, 1.139. No sábado e domingo, na rua Felipe Midieri Amorim, no bairro Nossa Senhora das Graças, presenças de pastores bandas convidadas.  CONCENTRAÇÃO DE FÉ Nesta sexta-feira, às 19h, haverá concentrações de milagres da Igreja Mundial do Poder de Deus e da Igreja da Graça, em Varginha. Endereços: rua Ministro Bias Fortes e av. Padre Bueno, 1.139. No sábado e no domingo, será na rua Felipe Midieri Amorim, 235, bairro Nossa Senhora das Graças.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave