Quem se diverte com o exercício físico tende a comer menos

Quem achou que estava ‘treinando’ comeu 35% a mais de sobremesa

iG Minas Gerais | Da redação |

Gulosos. Aqueles que pensavam na caminhada como treino, e não passeio, comeram 206 calorias a mais de M
Eugenio Savio - 5.8.2011
Gulosos. Aqueles que pensavam na caminhada como treino, e não passeio, comeram 206 calorias a mais de M

Pense no seu próximo treino de exercícios como se fosse uma corrida divertida ou como um merecido descanso, e isso vai fazer você comer menos depois. Por outro lado, encare a atividade como exercício físico ou treino e mais tarde você vai comer sobremesa e lanchinhos como forma de recompensa.

Essa comprovação já tão comentada entre os especialistas faz parte de um estudo do Cornell Food and Brand Lab, da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, que envolveu duas pesquisas com adultos que percorreram a pé 2 km em torno de um pequeno lago. Alguns dos participantes foram informados de que a atividade seria uma caminhada de exercício e outros ouviram que eram um passeio pelo local.

No primeiro estudo, 56 adultos completaram sua caminhada e foram almoçar. Aqueles que acreditavam que a atividade foi, de fato, uma caminhada comeram 35% a mais de pudim de chocolate como sobremesa do que aqueles que foram informados de que seria um passeio.

Na segunda parte do estudo, 46 adultos receberam lanches no meio da tarde, após a caminhada. Aqueles que pensavam que fizeram exercício físico comeram 206 calorias a mais de M&Ms, mais que o dobro – 124% – do que o consumo de cada um do grupo do passeio.

“Encarar a caminhada como exercício fez com que eles se sentissem menos felizes e mais cansados”, afirma a autora Carolina Werle, professora na Grenoble École de Management, na França.

Juntos, esses estudos apontam para uma razão pela qual as pessoas em programas de exercícios acabam frequentemente ganhando peso. Segundo Carolina, o que ocorre é que algumas pessoas têm a tendência de “recompensar-se demais após o treino”.

Para iniciantes ou veteranos nos exercícios, a maior recomendação dos especialistas é: “Faça o que puder para tornar seu treino uma diversão”.

“Ouça música, assista a um vídeo, ou simplesmente seja grato de estar fazendo algo fora do trabalho no escritório”, disse Brian Wansink, autor e diretor do Cornell Food and Brand Lab. “É provável que qualquer coisa que lhe traga um sorriso faça com que você coma menos”, acrescentou.

Flash

Autores. O artigo tem coautoria de Brian Wansink, da Universidade Cornell, e Collin Payne, da Universidade Estadual de New Mexico.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave