Com câncer raro, jovem faz campanha para fazer tratamento no Texas

Jovem de 31 anos tem câncer que é comum em crianças precisa arrecadar R$ 100 mil para fazer tratamento no Texas, Estados Unidos

iG Minas Gerais | Natália Oliveira |

CIDADES - PORTAL / ESPECIAL : BELO HORIZONTE - MG - NOVA SUICA . Jovem Priscila de 30 anos tem cancer raro e faz campanha na internet para arrecardar dinheiro e fazer tratammento no Texa. NA FOTO LETICIA VILA REAL , PRISCILA VILA REAL , ROBSON VILA REAL 
Foto : Joao Godinho / O tempo 02/07/2014
JOAO GODINHO / O TEMPO
CIDADES - PORTAL / ESPECIAL : BELO HORIZONTE - MG - NOVA SUICA . Jovem Priscila de 30 anos tem cancer raro e faz campanha na internet para arrecardar dinheiro e fazer tratammento no Texa. NA FOTO LETICIA VILA REAL , PRISCILA VILA REAL , ROBSON VILA REAL Foto : Joao Godinho / O tempo 02/07/2014

O sorriso e a alegria dos pequenos gêmeos Robson e Letícia,  7, e de Marcelo, 13, são as principais motivações para a luta de uma mãe contra um câncer raríssimo.  Priscila Vila Real Macedo, 31, busca se curar da doença que cada vez afeta mais seu rosto. A esperança está em um tratamento em um hospital do Texas, nos Estados Unidos, que tem bons resultados com esse tipo de tumor tão raro. No entanto, para isso ela precisa arrecadar R$ 100 mil, objetivo que tenta alcançar por meio de uma campanha na internet.

Foi em abril do ano passado que ela descobriu o tumor do tipo rabdomiossarcoma alveolar de auto grau, que é raríssimo em adultos. O câncer que começou nas bochechas atingiu parte do crânio. Mesmo depois de passar por uma cirurgia, em dezembro do ano passado, parte do tumor permaneceu no rosto dela.

“No Brasil não há bons resultados com esse tumor. Pelo que pesquisei, o meu é o único no rosto. Esse hospital do Texas é minha esperança de me curar. Lá a chance de cura é de 80%”, completou. De família humilde, Priscila não tem condições para financiar sozinha o tratamento. Em um levantamento que ela fez os gastos com exames e o início do tratamento no Texas ficariam em R$ 100 mil, sem contar a passagem e hospedagem.

Por causa do tratamento, ela está longe dos três filhos Robson Vila Real, Letícia Vila Real, ambos de 7 anos e Marcelo Vila Real, 13. Todos estão morando com o pai, de quem ela é separada. “Meu maior medo é não poder ver meus filhos crescerem. Eu quero ser a mãe presente que eles precisam”, deseja.

Desanimada, Priscila chegou a se entregar a doença. Ela foi ajudada por uma amiga teve a ideia de iniciar pelo Facebook uma campanha para ajudá-la a arrecadar o valor necessário para o tratamento. “Eu queria vê-la lutar, então resolvi criar a campanha, quero provar para ela que vai ser possível vencer essa doença”, disse a gestora comercial Roberta Camargos, 30. Desde o último dia 11, quando a página Vamos Salvar a Priscila foi lançada na internet, foram arrecadados quase 20% do valor necessário.

Para especialistas, o quadro de Priscila é bastante delicado. O presidente do Cetus Hospital Dia e vice-presidente da Organização Regional de Combate ao Câncer (Orcca), Victor Hugo Rodrigues, explica que o prognóstico dela é ruim. “Infelizmente, esse câncer é mais comum e mais fácil de ser tratado em crianças. Em adultos ele se torna muito mais agressivo, cresce e se espalha com imensa facilidade”, ressalta.  

Campanha recebeu doações de Europeus

A campanha Vamos Salvar a Priscila na página da rede social Facebook angariou doadores não só no Brasil, mas em todo mundo. Priscila Vila Real Macedo já recebeu ajuda de vários moradores da Europa. Em menos de um mês de atividade, a página já tem cerca de 4.000 curtidas. O texto da página está escrito tanto em português quanto em inglês. Também há uma conta no exterior para o depósito de doações.

Como Roberta Camargos, a amiga que deu início a campanha mora em Portugal, ele pediu ajuda de familiares e amigos que vivem  por lá. Um bolão beneficente também foi feito durante um jogo de futsal na Inglaterra, onde Priscila tem familiares, para ajuda-la na arrecadação.

No Brasil, recentemente, amigos de Priscila fizeram um bazar beneficente para tentar arrecadar mais recursos. Além disso, nesta semana Roberta pediu para os atores do canal de humor no Youtube Porta dos Fundos para ajudarem na campanha e eles tiraram fotos segurando cartazes que diziam Vamos Salvar a Priscila. 

Clique aqui para visitar a página da campanha no Facebook 

Para as doações: 

Banco do Brasil 

Agência 1228-9

Conta Corrente 35696-4

CPF 055457206-00

Priscila Vila Real Macedo

Doações no exterior:

Podem ser feitas em qualquer banco com os códigos

Iban BR 8300000000012280000356964 Swift BRASJPJT

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave