'Execrados' da Argentina mostram seu valor no Mundial

Jogadores criticados, como Romero e Mascherano, tiveram papel fundamental para ajudar o time albiceleste a chegar à final

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

São Paulo (SP). Antes mesmo de começar a Copa do Mundo, alguns jogadores da Argentina eram vistos com um olhar de desconfiança pela torcida e a imprensa, como o goleiro Romero. Outros, eram taxados de desequilibrados emocionalmente, a destacar o volante Mascherano. Mas tudo isso mudou, quando a bola rolou.

É verdade que as grandes estrelas da equipe albiceleste, Messi e Di Maria, estão entre os principais jogadores deste Mundial. No entanto, os atletas ‘menosprezados’ também tiveram papel crucial para ajudar a Argentina a avançar até a decisão.

“Estamos contentes por eles e por todo o grupo. Sempre foram apoiados pelos companheiros e demonstraram na Copa que estavam à altura de vestir a camisa da Argentina”, afirmou o técnico Alejandro Sabella.

Falando especificamente de Mascherano, o treinador não mediu palavras para ilustrar a importância do meio-campista no time albiceleste.

O Mascherano é um baluarte, um ícone. Ao passarmos para as semifinais, ele tirou um grande peso. É o único do grupo que tem duas medalhas olímpicas. Todos os treinadores que trabalharam com ele, como Guardiola e Rafa Benítez, o queriam em seus times. O Mascherano é um símbolo para nossa seleção, tanto dentro, quanto fora de campo”, definiu Sabella.

Leia tudo sobre: ArgentinaMascheranoRomero