Alemanha supera rivais e alcança recordes e recordes com goleada

Time alemão virou o placar de quem mais balançou as redes em Copas: 223 a 221.

iG Minas Gerais |

Alemanha tem também o maior goleador da história das Copas
leo fontes
Alemanha tem também o maior goleador da história das Copas

A cada hora que passa, encontra-se mais números que mostram o quão desastroso foi a derrota do Brasil para a Alemanha, por 7 a 1. Além de superar a seleção brasileira em número de finais (agora, oito contra sete), o time alemão virou o placar de quem mais balançou as redes em Copas: 223 a 221.

A segunda maior diferença de gols em um revés da seleção anfitriã em Mundiais foi de três, registrada nas derrotas da Suécia para o Brasil por 5 a 2 em 1958, do México para a Itália por 4 a 1 em 1970 e da África do Sul para o Uruguai por 3 a 0 em 2010.

O revés de 7 a 1 superou em gols a pior derrota de toda a história do Brasil, uma goleada sofrida para o Uruguai por 6 a 0, na Copa América 1920.

A vitória alemã no Mineirão também é a mais ampla em uma semifinal em toda a história, superando os três triunfos por 6 a 1 registrados pela Argentina diante dos Estados Unidos, pelo Uruguai contra a Iugoslávia (ambos em 1930) e pela Alemanha Ocidental diante da Áustria em 1954.

Com a goleada, a Alemanha se torna a terceira seleção a conseguir marcar cinco gols em um primeiro tempo de Copa do Mundo. Antes, isso tinha acontecido com Áustria sobre a Suíça, em 1954, e da Polônia sobre o Haiti, em 1974. Só a Iugoslávia foi melhor, quando balançou as redes do Zaire seis vezes na etapa inicial também em 1974.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave