Homem mata a ex-companheira e liga para ao filho para contar o crime

Dona de casa foi assassinada a facadas na porta de casa; após o crime, suspeito disse à família que iria se matar, mas corpo ainda não foi encontrado

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Militar de Campo do Meio, no Sul de Minas, está à procura de um homem de 47 anos que matou a ex-companheira a facadas, na noite dessa terça-feira (8). Após o crime, o suspeito ligou para o filho e contou o que havia feito com a mãe dele.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Zita Aparecida Oliveira Cabral, de 33, foi encontrada por um vizinho no passeio da casa em que morava, localizada na rua Cônego Clodomiro, no centro da cidade.

A dona de casa apresentava perfurações no peito, pescoço e braços e morreu antes da chegada de socorro médico. Minutos após o crime, Sidney Evandro Cabral ligou para a casa de uma prima, onde estava o filho e contou sobre o homicídio. Ao ser questionado pelo filho, o pai teria dito que “não teve outro jeito”.

Durante a conversa com o jovem, Cabral afirmou que estava próximo a uma mangueira, em uma fazenda na zona rural do município, e se mataria. Porém, policiais foram até o local indicado, mas nenhum corpo foi encontrado.

Ainda conforme a polícia, Zita já havia feito vários registros de ocorrências contra o suspeito, que não aceitava o fim do relacionamento. A ocorrência foi encerrada na 11º Delegacia de Plantão de Campo do Meio.

Leia tudo sobre: CIÚMESCAMPO DO MEIOCOMPANHEIRAFILHO