Alemão pede ingressos de lembrança após massacre de sua seleção

Torcedor aproveita que muitos torcedores brasileiros vão querer apagar o dia da memória para levar presente para amigos e familiares

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Ian queria um total de cinco ingressos para levar de lembrança para sua terra
DANIEL OTTONI - WEBREPORTER
Ian queria um total de cinco ingressos para levar de lembrança para sua terra

Entre os poucos alemães que puderam ser vistos na saída do Mineirão, após goleada do país europeu sobre o Brasil por 7 a 1, estava Ian Suchma, de uma cidade ao sudoeste de Munique. Com um cartaz em português, ele tentava aproveitar a frustração de muitos brasileiros, para ganhar ingressos de recordação. “A oportunidade é boa, já que muitos não vão querer lembrar deste jogo por um bom tempo. Não quero vender nada, isso é para dar de presente para amigos e familiares, lá na Alemanha”, garante. Quando a reportagem o abordou, ele já havia conseguido dois. O seu número desejado era cinco, mas se conseguisse mais, ele agradecia com um sorriso. “Sei que muitos estão saindo frustrados do estádio, foi algo inacreditável. Ninguém esperava por isso. O que aconteceu foi um desastre, que vai acontecer de novo daqui a 500 anos”, brinca. Com ajuda de amigos, ele garante que estará no Maracanã para ver a final, que pode dar ao seu país o quarto título de sua história.