Na opinião de Felipão, presença de Neymar não mudaria resultado

Treinador ressaltou que atacante não ajudaria time a não levar gols e destacou que não se arrepende das escolhas que fez para começar o jogo e para substituições

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro |

Antes do jogo entre Brasil e Alemanha, a lamentação era grande pelo fato de Neymar estar fora do confronto. Depois do jogo, fica a dúvida para alguns se o resultado final teria sido diferente da goleada se o craque brasileiro estivesse em campo.

Mas o técnico Luiz Felipe Scolari foi direto ao comentar sobre a ausência do camisa 10 da seleção. Na opinião do comandante canarinho, a ausência não interferiu em nada no placar elástico e histórico alcançado pela equipe alemã.

"Não mudaria nada com Neymar. Ele é um atacante e não poderia ajudar a evitar o golsNão tem por que imaginar que seria diferente, que não tomaríamos os gols para a Alemanha, que teve uma atuação fantástica", disse Felipão.

O treinador foi questionado pela escalação e pelas substituições que realizou durante a partida, mas garante que não mudaria nada em relação às opções que fez ao começar com Bernard e não fechar o time depois do placar adverso.

"Ninguém vai trocar nada com um gol atrás do outro. Foi um branco total. Tentávamos pedir ao pessoal para organizar um pouco e deu errado naquele momento. Trocar um ou dois quando estamos em pane não vale pena. Não me arrependo da escalação. Achei que poderíamos fechar bem o meio com Bernard, Hulk e Oscar. Estava tudo organizado até o primeiro gol e entrarmos em pânico", disse o treinador.

Leia tudo sobre: FelipãoScolariBrasilNeymarCopa do MundoAlemanha