Felipão: 'Foi horrível. Foi o pior dia da minha vida como treinador'

Treinador ressaltou que já teve outras derrotas no comando da seleção brasileira, mas que a goleada para a Alemanha foi a pior em sua carreira desde que entrou para o futebol

iG Minas Gerais | Felipe Ribeiro |

"Foi horrível. Se eu for pensar na minha carreira desde que me tornei professor de Educação Física, foi o pior dia da minha vida". Foi assim que o técnico Luiz Felipe Scolari definiu a terça-feira que manchou sua história no comando da seleção.

O treinador estava visivelmente abatido por conta da goleada sofrida para a Alemanha por 7 a 1, no Mineirão, eliminando o Brasil da disputa pelo título da Copa do Mundo e sepultando o sonho de conquistar o hexacampeonato dentro de casa.

Apesar do trauma causado pelo resultado histórico, Felipão destacou que a vida não acaba para ninguém por conta disso e que tudo seguirá normalmente, com jogadores tendo a chance de jogar o próximo Mundial em 2018, na Rússia.

"Foi muito triste, mas ninguém vai morrer por causa dessa derrota. Temos que seguir a vida, os jogadores têm que saber que estarão jogando em alto nível em seus clubes e que 13 a 14 deles podem estar em 2018", disse o treinador.

Leia tudo sobre: FelipãoLuiz Felipe ScolariBrasilseleçãoAlemanha