Felipão não confirma, mas deixa no ar despedida no próximo sábado

Confronto valendo o terceiro lugar da Copa do Mundo no próximo sábado deve encerrar o segundo ciclo do técnico Luiz Felipe Scolari à frente da equipe verde-amarela

iG Minas Gerais |

Felipão levou os brasileiros à euforia em 2002 com o pentacampeonato mundial e à vergonha com a eliminação com goleada para a Alemanha na Copa realizada no Brasil. Ao que tudo indica, o ciclo do treinador à frente da seleção deve ser encerrado no próximo sábado, no confronto com Argentina ou Holanda, valendo o terceiro lugar.

O treinador não quer falar sobre o assunto, mas deixou no ar o futuro longe do time brasileiro, sem se esquecer que ainda existe um compromisso a ser realizado diante dos torcedores do país no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

"Não podemos esquecer que ainda temos um jogo no sábado e eu preciso trabalhar meus jogadores para isso. Não é momento para falar sobre isso (despedida da seleção). Não é assunto para agora, disse o treinador brasileiro.

Luiz Felipe Scolari ainda definiu como horrível o ambiente do vestiário, mas destacou que precisa recompor o lado emocional após o resultado inesperado diante dos alemães no jogo que poderia dar ao Brasil mais uma final de Copa.

"O ambiente depois da derrota é horrível. Mas temos que trabalhar com os jogadores para mudar isso e trazer novamente um bom ambiente. Vamos conversar dentro do vestiário na Granja Comary para recuperá-los", disse Felipão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave